Notícias  
Próximo secretário-executivo da CPLP é português
 

Os Estados-membros "elegeram o Embaixador Francisco Ribeiro Telles, indicado pela República Portuguesa, para o cargo de secretário executivo da CPLP, para um mandato de dois anos, de 1º de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2020", lê-se no texto.

Francisco Ribeiro Telles irá suceder à são-tomense Maria do Carmo Silveira, cujo mandato termina no final deste ano. Em declaração durante a sessão plenária, o diplomata português afirmou ser "uma grande honra" ter sido proposto por Portugal para este cargo e de a sua candidatura "ter merecido o apoio dos Estados-membros da CPLP. Gostaria de enfatizar o meu compromisso de trabalhar intensamente para afirmar os valores e objetivos da CPLP enquanto plataforma de cooperação solidária e horizontal e de vocação global", afirmou.

A CPLP "é uma criação dinâmica que tem a sua história e o seu futuro e, 22 anos após a sua fundação, todos temos consciência do muito que já concretizou e do muito que continua por fazer em diferentes domínios", sustentou.

O diplomata recordou que exerceu funções em Cabo Verde, Angola e Brasil e participou nas negociações para a independência de Timor-Leste e disse ter "a grata satisfação" de conhecer todos os países-membros da CPLP.

Durante a XII conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, Cabo Verde assumiu a presidência rotativa da organização, por um período de dois anos, e com o lema "Cultura, Pessoas e Oceanos”. Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste são os Estados-membros da CPLP.

Fonte: Jornal de Notícias

 

 
« Voltar