Notícias  
5.º Centenário da primeira volta ao mundo
 

O seminário reúne especialistas do Brasil, de Portugal e de Espanha, bem como de outros pontos da rota magalhânica na América do Sul, designadamente Argentina, Chile, Peru e Uruguai, para comemorar a contribuição dos países sul-americanos visitados pela frota da primeira viagem de circum-navegação.

Pela parte portuguesa, participam neste seminário, com apoio do Camões – Centro Cultural Português em Brasília, António Filipe Pimentel, que abordará o tema “Na Lisboa de Magalhães: o Museu Nacional de Arte Antiga e a exposição ‘A Cidade Global’”; e José Manuel Garcia, com uma intervenção sobre “A América do Sul na problemática da primeira volta ao mundo de Fernão de Magalhães”. Ressalta-se, ainda, a participação do Comandante Jorge Semedo de Matos, da Marinha Portuguesa, que falará sobre “Os navios de Magalhães, nas rotas do Extremo Oriente: das Ilhas Marianas a Timor”, bem como, pela parte brasileira, de Vera Ferlini, titular da Cátedra Jaime Cortesão (USP/Camões, I.P.).

Com comissariado científico de Paulo Roberto Pereira, historiador brasileiro que tem desenvolvido pesquisa no âmbito da história dos séculos XVI e XVII, este seminário visa propor reflexões sobre a expedição liderada pelos navegadores Magalhães e Elcano e sua inserção no processo de globalização, estabelecendo pontes entre o passado e o presente, revisitando a história sob uma perceptiva contemporânea.

Mais informações (programa e inscrições):
http://mhn.museus.gov.br/index.php/500-anos-da-primeira-volta-ao-mundo-e-tema-de-seminario-internacional

Fonte: Instituto Camões

 
« Voltar