Opinião  
 

"Para entendermos o significado e a importância da relação entre nossos povos é preciso revolver os escaninhos da rica história de Portugal, cultuando os heróis de um passado que jamais deve ser esquecido. Até porque a História é feita por aqueles que olham além dos horizontes, com audácia, coragem e procuram abrir as janelas de oportunidades para o bem da humanidade.

Hoje, já em outro século, nos permitimos restabelecer essas verdades, pois vivemos um momento de iluminação e difusão informativa em razão da globalização e da velocidade da comunicação. Porém, mesmo com toda evolução, nem sempre se consegue eliminar preconceitos contra povos e instituições. Daí porque é importante enaltecer aqueles que contribuíram para a evolução do mundo e reconhecer com gratidão àqueles que direta ou indiretamente nos trouxeram até aqui. Nomes como Egas Moniz, Prêmio Nobel de Medicina em 1949, não esquecendo de Camões, Fernando Pessoa, Eça de Queiroz, Guerra Junqueiro, Miguel Torga e outros, fontes inesgotáveis de saber e cultura.

Sinto orgulho desta realidade histórica e reconheço minha responsabilidade como descendente que sou, de continuar levando adiante esses laços de raízes e respeito, e de contribuir com dedicação e profissionalismo para o crescimento da nossa Instituição, lembrando a importante lição que nos ensinou que o preço da grandeza é a eterna responsabilidade."

 
Dr. Alcides Félix Terrível
 
PERFIL
 

Presidente do Centro Trasmontano de São Paulo
Vice-presidente do Hospital IGESP
Presidente do IBEPEGE- Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas em Gastroenterologia e outras Especialidades
Filho de emigrantes (pai português de Coimbra e mãe Trasmontana), nasceu no Brasil e formou-se médico especialista em Cardiologia e Clínica Médica com MBA em Gestão de Planos de Saúde.
É membro efetivo das entidades Sociedade Paulista de Cardiologia, Sociedade Brasileira de Cardiologia e Sociedade Brasileira de Clínica Médica.

 
« Voltar