Opinião  
 

"Nasci em um país que me deu a língua, a cultura e os valores necessários para enfrentar a vida.

Há 26 anos moro em outro no Brasil, um país que tem a mesma língua me deu família, uma vida digna e confortável, o que posso dizer que seja mais importante que isso?

Bem, outro dia numa degustação de ótimos vinhos portugueses surgiu o papo de que os que trocaram Portugal pelo Brasil padecem de uma situação curiosa, explico porque, aqui eles são, ou melhor, nós somos portugueses e lá nós somos Brasileiros e isso cria um vácuo de nacionalidade, enfim, é uma situação desagradável para muitos, eu concordei com tudo o que estava sendo falado e não sei porque talvez porque o vinho fosse um bom Alentejano, me inspirou e naquele instante mudei de idéia e que ao invés de nós nos sentirmos uns apátridas infelizes, nós devemos é ser felizes com duas pátrias, com toda a bagagem que isso acarreta e é assim que me sinto.... em casa tanto no Brasil quanto em Portugal.

Com relação à importância do Conselho da Comunidade, assim como toda instituição cultural, acredito que um dos principais fatores é a união de dois povos semelhantes que tanto estão ligados entre si."


 
Empresário Carlos Bettencourt
 
PERFIL
 

Nascido na pequena Sousel, na região do Alentejo, sul de Portugal, Carlos Bettencourt acompanhou desde ainda criança sua família em uma hospedaria na qual ajudava na pequena tasca. Viajou por alguns países da Europa antes de chegar ao Brasil de férias a convite de um amigo.

Em 1985, na pequena cidade de Foz do Iguaçu começou a trabalhar em um hotel se transferindo para o Rio de Janeiro onde permaneceu por anos até chegar a São Paulo e abrir suas casas, marcando história na área gastronômica.

Aproveitando o excelente momento de suas empresas, o restaurateur decidiu expandir os negócios e atacar de consultor gastronômico em novos restaurantes, que pretendem ser novidades em 2013.

O empresário sempre buscou desafios e obteve muito sucesso com a abertura do A Bela Sintra (2004) há oito anos, na capital paulista, premiado pela revista Veja São Paulo quatro vezes consecutivas, entre outros veículos.

Há cinco anos, lançou o Trindade, na rua Amauri, direcionado ao público jovem e executivos da região do Itaim. Muito conhecido pelo jeito simpático e receptivo com os clientes e amigos, o empresário passou por uma única casa no Rio e São Paulo, antes de abrir sucessos garantidos com os restaurantes citados.

 
« Voltar