“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
Universidade Nova de Lisboa aceita ENEM para ingresso de brasileiros

O acordo foi publicado em 12 de janeiro, no Diário Oficial da União (DOU). Assim, agora já são 51 instituições lusitanas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do Enem em seus processos seletivos.

Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal. No entanto, cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. Vale ressaltar que os convênios não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil pelo governo brasileiro.

É importante destacar, ainda, que a revalidação de diplomas e o exercício profissional, no Brasil, dos estudantes formados em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira. As instituições de ensino superior portuguesas signatárias de convênio são responsáveis pela comunicação oficial sobre essas regras com os candidatos admitidos em seus cursos. O Enem Portugal, como é chamado o programa de acordos interinstitucionais entre o Inep e as instituições de educação superior portuguesas, foi criado em 2014, quando algumas instituições de Portugal já aceitavam os resultados individuais do Enem em seus processos seletivos.

Para simplificar o acesso dessas instituições ao desempenho dos candidatos interessados no ensino superior português, o Inep passou a realizar os acordos interinstitucionais de cooperação. Essa troca de informação possibilitou a ampliação de possibilidades de intercâmbio educacional. Este programa se tornou possível com a mudança na legislação portuguesa, a partir do Decreto-Lei nº 36, de 10 de março de 2014, que regulamentou o estatuto do estudante internacional no país europeu. Em março do mesmo ano, o Ministério da Educação de Portugal permitiu às suas instituições definirem a forma de
ingresso de estudantes internacionais. A Universidade de Coimbra foi a primeira a assinar o convênio interinstitucional com o Inep, em 26 de maio do mesmo ano.

Bom destacar que o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio é uma prova de admissão à educação superior e foi criada em 1998, inicialmente, para avaliar a qualidade do ensino médio no país. O Enem ganhou importância e virou um passaporte para o ensino superior.
Eis as demais Instituições de educação superior portuguesas que aceitam notas do Enem:

  1. Universidade de Coimbra (UC)
  2. Universidade do Algarve (UAlg)
  3. Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria
  4. Instituto Politécnico de Beja (IPBeja)
  5. Instituto Politécnico do Porto (P.Porto)
  6. Instituto Politécnico Portalegre (IPP)
  7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA)
  8. Instituto Politécnico de Coimbra (IPC)
  9. Universidade de Aveiro (UA)
  10. Instituto Politécnico da Guarda (IPG)
  11. Universidade de Lisboa (ULisboa)
  12. Universidade do Porto (U.Porto)
  13. Universidade da Madeira (UMa)
  14. Instituto Politécnico de Viseu (IPV)
  15. Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarem)
  16. Universidade dos Açores (UAc)
  17. Universidade da Beira Interior (UBI) 18. Universidade do Minho
  18. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu)
  19. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Universidade Lusófona)
  20. Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)
  21. Instituto Politécnico de Bragança (IPB)
  22. Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB)
  23. Universidade Lusófona do Porto (ULP)
  24. Universidade Portucalense (UPT)
  25. Instituto Universitário da Maia (Ismai)
  26. Instituto Politécnico da Maia (Ipmaia)
  27. Universidade Católica Portuguesa (UCP)
  28. Universidade Fernando Pessoa (UFP)
  29. Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)
  30. Instituto Leonardo da Vinci (ILV)
  31. Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Essa)
  32. Universidade Lusíada – Norte
  33. Universidade Lusíada
  34. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC)
  35. Escola Superior Artística do Porto (Esap)
  36. Universidade Europeia
  37. Instituto Universitário de Lisboa (Iscte-IUL)
  38. Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSNorteCVP)
  39. Universidade Autônoma de Lisboa (UAL)
  40. Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso)
  41. Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe)
  42. Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat)
  43. Instituto Superior Dom Dinis (Isdom)
  44. Instituto Superior de Gestão (ISG)
  45. Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém)
  46. Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia)
  47. Instituto Português de Administração de Marketing (Ipam) de Lisboa
  48. Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC)
  49. Instituto Português de Administração de Marketing (Ipam) do Porto

Fonte: Câmara Portuguesa

Nosso Conselho informa que a presença do português no mundo e as trocas linguísticas entre os oito países lusófonos são temas da segunda mesa do webinário Língua portuguesa e direitos humanos: a reabertura do MLP, promovido pelo Centro de Referência do Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo.
O mês de Maio nos deu o poeta, contista e ficcionista português Mário de Sá-Carneiro, um dos grandes expoentes do Modernismo em Portugal e um dos mais reputados membros da Geração d‘Orpheu. Por isso nosso Conselho presta homenagem a este artista consagrado. Precoce, inicia-se na poesia com 12 anos, sendo que aos 15 já traduzia Victor Hugo, e com dezesseis, Goethe e Schiller.
Cresce a leva de brasileiros cada vez olhando com maior interesse para terras lusitanas, também em tempos de pandemia. Um novo canal que vai abordar muito de Portugal é o podcast ‘Se Calhar’, criado recentemente pelo jornalista brasileiro Paulo Markun e disponibilizado em diversas plataformas, como o Spotify.
Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo