“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
A pluralidade lusófona é tema no Museu da Língua Portuguesa

O encontro acontece no dia 25 de maio, a partir das 11h, e reúne a pesquisadora e professora Regina Brito (Universidade Presbiteriana Mackenzie/Museu Virtual da Lusofonia) e a Capulanas Cia. de Arte Negra.

Como o título Pluricentrismo: a presença do português, a conversa vai abordar o trânsito entre as falas lusófonas em diversas partes do mundo, as trocas linguísticas entre falantes de língua portuguesa e em que pontos eles se encontram. A proposta é estimular a reflexão sobre o fluxo da língua portuguesa entre esses diferentes lugares e linguagens.

A mesa será transmitida ao vivo no YouTube e Facebook do Museu, com mediação da coordenadora do Educativo da instituição, Marina Toledo. Haverá tradução simultânea em libras, a língua brasileira de sinais.

Webinário
O webinário Língua portuguesa e direitos humanos: a reabertura do MLP começou em 18 de maio, como parte da Semana Nacional dos Museus, e
conta com a participação de especialistas, artistas e articuladores em quatro encontros virtuais, sempre às terças-feiras.

O objetivo do webinário é discutir temas cada dia mais urgentes nos museus contemporâneos, como antirracismo, democracia, direitos humanos, decolonialidade e o bem-viver, além de debater a função social de instituições como o Museu da Língua Portuguesa. Com reabertura prevista para o segundo semestre de 2021, o MLP vem se planejando para desenvolver ações que articulem, integrem e impactem a sociedade, mostrando-se a serviço dela.

As mesas dão direito a certificado –que deve ser solicitado durante a transmissão, com preenchimento de lista de participação a ser divulgada no chat. O webinário Língua Portuguesa e direitos humanos conta com patrocínio do Itaú Unibanco, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sobre o Museu da Língua Portuguesa
O Museu da Língua Portuguesa é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, concebido e realizado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. A reconstrução do Museu tem como patrocinador máster a EDP, como patrocinadores Grupo Globo, Itaú Unibanco e Sabesp e apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e do Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA
25 de maio
Pluricentrismo: a presença do português no mundo

Com a pesquisadora e professora Regina Brito (Universidade Presbiteriana Mackenzie/Museu Virtual da Lusofonia) e a Capulanas Cia. de Arte Negra. Mediação: Marina Toledo, coordenadora do Educativo do MLP

1º de junho
Que português é esse?

Com o professor e pesquisador Gabriel Nascimento (Universidade do Sul da Bahia), autor do livro “Racismo linguístico: os subterrâneos da linguagem e do racismo”, e a poeta e pesquisadora Luna Vitrolira. Mediação: Luiza Magalhães, supervisora do Centro de Referência do MLP.

8 de junho
Diversidade linguística: entre a celebração e a resistência

Com o pesquisador Alexander Yao Cobbinah (Universidade de São Paulo/University of London SOAS – School of Oriental and African Studies), a drag queen e professora Rita von Hunty (Unirio e USP) e o youtuber Gui Fernandes. Mediação: Cecilia Farias, pesquisadora do Centro de Referência do MLP.

Onde assistir: youtube.com/museudalinguaportuguesa

Fonte: Mundo Lusíada

'São Pedro, o guarda do céu / Ao ver Sacadura e o Gago / Gritou-lhes, correndo o véu / - Aqui não há lugar vago // Os heróis agradeceram / Num gesto meigo e gentil / E satisfeitos tocaram / O avião rumo ao Brasil!' - *Tópico final do poema em homenagem aos lusitanos Gago Coutinho e Sacadura Cabral recitado em uma reunião cultural promovida em Porto Seguro, Bahia.
O Projeto Reviver é uma importante iniciativa do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo – CCLB, que envolve uma exposição fotográfica dos idosos do Lar da Provedoria, com o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros. A inauguração, na Casa de Portugal SP, está marcada para o dia 13 de maio, sexta-feira, às 18 horas até às 22 horas. Permanecerá aberta também no sábado, 14 de maio, das 10 às 17 horas.
De acordo com a Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB), a participação portuguesa nesta bienal contará com uma comitiva de cerca de duas dezenas de autores portugueses e do universo da lusofonia, e ainda dos ‘chefs’ Vítor Sobral e André Magalhães. Na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que decorrerá de dois a 10 de julho, a presença de Portugal vai acontecer sob o mote “É urgente viver encantado”, uma frase do escritor Valter Hugo Mãe.
Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo