“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
Intercâmbio entre Brasil e Universidade do Porto

“Esse é mais um passo importante no fortalecimento da ciência, tecnologia e inovação em saúde no Brasil. Será um intercâmbio de grande valia o Brasil, uma vez que a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto é uma instituição reconhecida na Europa e no mundo pela excelência do seu corpo docente, a qualidade dos seus alunos, e o compromisso com a ética, a pesquisa, a assistência e o ensino”, contou Queiroga em pronunciamento.

O documento prevê o desenvolvimento de projetos e investigações colaborativos, financiamento de bolsas, fornecimento de instalações adequadas, além do intercâmbio de estudantes, cientistas, especialistas, acadêmicos e gestores de ciência e tecnologia em saúde. A cooperação será feita levando em conformidade com a legislação de cada País.

A coordenação e implementação do acordo no Brasil ficarão a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (Sctie). Cientistas, e outros especialistas ou organizações internacionais que não fazem parte das duas instituições signatárias poderão ser convidados a participar em atividades de cooperação. O acordo é mais uma ponte firmada entre o Ministério da Saúde e universidades estrangeiras no sentido de desenvolver a saúde pública no Brasil. Ações do tipo também foram promovidas com as Universidades de Oxford e com a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Para Queiroga, “as faculdades de medicina existem para formar médicos como transformadores da sociedade. Profissionais com conhecimento e saber, que vão modificar indicadores de saúde pública. É necessário ter profissionais de saúde qualificados para atender às demandas da população”. Segundo o ministro, a população brasileira tem à disposição mais de 500 mil médicos. Com mais de 369 escolas médicas e 39,3 mil vagas ofertadas por ano, a expectativa, de acordo com a projeção, é que o Brasil tenha mais de 800 mil profissionais médicos até o ano de 2030.

Fonte: Mundo Lusíada

Ele é considerado o maior poeta de Língua Portuguesa e um dos maiores da Humanidade: Luís Vaz de Camões. O seu gênio é comparável ao de Virgílio, Dante, Cervantes ou Shakespeare e de suas obras, a epopéia Os Lusíadas é a mais significativa. E nosso Conselho presta uma justa homenagem em comemoração ao dia 10 de junho, dedicado a Camões.
“Com muito orgulho e alegria, enfatizamos a data de 10 de junho que celebra o Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas. É certo que cada vez que ressaltamos este dia, aumentamos a importância de se perpetuar a nossa história para todas as gerações."
Portugal pode intensificar a cooperação energética com o Brasil e ajudar o país no seu processo de descarbonização, defendeu o secretário de Negociações Bilaterais no Médio Oriente, Europa e África do Brasil, Kenneth Félix da Nóbrega, em entrevista recente à Lusa no palácio do Itamaraty em Brasília.
Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo