“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
Mostra “Bicentenário da Independência do Brasil” até 15 de novembro

Os materiais estão espalhados pelo térreo do Palácio do Planalto, que abrirá a visitação para estudantes de escolas públicas do Distrito Federal e regiões próximas. O presidente Jair Bolsonaro abriu a exibição, no dia 15 de agosto último, com a assinatura no livro de visitantes.

Desenvolvida pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, a mostra terá seu livro como parte integrante da Caixa Bicentenária, estampada com a figura de D. Pedro I e do atual presidente do Brasil, construída para integrar as celebrações dos 200 anos da independência do Brasil. O objeto é inspirado na Caixa Centenária, também feita em parceria com a Imprensa Nacional, em 1922, na comemoração do Centenário da independência do Brasil.

“Com toda certeza, as jovens gerações e aquelas que estarão por vir, lá na frente, lembrarão de nós aqui, o que nós fizemos, não pela Independência, porque isso pertence àqueles de 200 anos atrás, mas o que nós fizemos pelo bem maior de qualquer povo que é a sua liberdade. Então, é com esse espírito que essa exposição está sendo aberta e os festejos se farão sentir em todo território nacional até o nosso Sete de setembro”, disse Bolsonaro durante a abertura da exposição.

Fonte: ESBrasil

A gastronomia e a música são valores primordiais na preservação da cultura de um povo. As gerações vão se inteirando de seus princípios, exatamente por esses itens que têm o poder de agregar pessoas interessadas na continuidade da comunidade. Por isso Nosso Conselho empenha total apoio às manifestações culturais das associações que defendem com muita garra a história da nossa sociedade.
Nosso Conselho celebra a primeira edição do Prêmio Candango de Literatura criado para enaltecer as manifestações literárias em todos os países de língua portuguesa e difundir a riqueza e a diversidade do idioma. Tudo aconteceu em Brasília conheceu na noite de 21 de setembro último. A figura do Candango, escolhida como símbolo desta iniciativa, nasce a partir da confluência de culturas que se encontraram em Brasília para a construção da nova capital.
Boa notícia: pesquisadores resgataram a localização do ponto exato onde Dom Pedro I proclamou a Independência do Brasil, em 7 de setembro de 1822. Segundo o professor do Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP) Jorge Pimentel Cintra, o local chegou a ser marcado fisicamente “com bastante precisão” no início do século 20, mas, ao longo das décadas, uma série de confusões e mal entendidos fez com que a informação acabasse se perdendo.
Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo