“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
Cresce a procura por Portugal

“Porque é condição crítica do nosso crescimento. Portugal precisa mesmo de pessoas. Se nós olharmos para a evolução de número de trabalhadores estrangeiros em Portugal: nós tínhamos em 2015, cerca de 100 mil trabalhadores estrangeiros a trabalhar ativamente em Portugal. Neste momento, temos cerca de 640 mil. Uma evolução imensa, mas que mostra bem também a forma como o país procura posicionar-se do ponto de vista de país aberto, de acolhimento e que aposta muito na Comunidade de Língua Portuguesa como fator crítico de crescimento”.

As declarações da ministra do Trabalho foram feitas em paralelo à 61ª Sessão da Comissão para o Desenvolvimento Social da ONU. Ela defendeu novas formas de trabalho como qualidade essencial para atrair a população. O tema foi debatido no Diálogo Intergeracional coorganizado pela Missão de Portugal e a União Europeia junto das Nações Unidas.

“Nós, neste momento, estamos cada vez com mais procura por parte de trabalhadores de vários sítios do mundo, mas concretamente de países de língua portuguesa pela ligação natural da língua, que facilita a integração, mas porque também temos comunidades muito importantes de pessoas de países de língua portuguesa. Temos, neste momento, alguns projetos-piloto a arrancar precisamente para garantir que as pessoas quando chegam a Portugal têm uma integração digna e que são bem valorizadas também no mercado de trabalho.”

Contou que Cabo Verde acolhe o primeiro programa-piloto para integração de jovens profissionais dos países lusófonos em Portugal. A nação europeia aposta também no investimento local para melhorar as qualificações dos candidatos.

Fonte: Mundo Lusíada

A tradição portuguesa se faz presente em diversas dimensões e a realização das festas em que se perpetua a maneira de ser da comunidade é uma realidade. Nossas festas, nossos eventos aí estão para mostrar o que há de bom na música, na gastronomia, na história luso-brasileira. Acompanhe e participe dos próximos acontecimentos que, com certeza, unem cada vez mais as duas nações.
O Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo (CCLB) realizou reunião de Diretoria de 2024, em 29 de maio, às 18h30, na sala de reuniões da Casa de Portugal, bairro da Liberdade, Capital. Na oportunidade, Antero José Pereira, presidente do CCLB, mostrou seu empenho com foco do desenvolvimento da entidade, passando por um devido planejamento e sempre contando com a participação do trabalho dos diretores do Conselho.
Portugal e Brasil renovaram, por mais cinco anos, um memorando de entendimento de apoio às aulas de língua portuguesa na Escola Internacional das Nações Unidas (UNIS), segundo fontes oficiais da Lusa.
Patrocinadores
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo