“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

NOTÍCIAS
Turismo paulista divulga destinos paulistas em Lisboa e Madrid

O objetivo foi apresentar os destinos turísticos do estado como produtos atraentes ao mercado europeu e aumentar o fluxo de visitantes estrangeiros para SP. O roadshow: “Meu destino é SP 2023” apresenta o estado brasileiro com a maior oferta de parques temáticos da América Latina, destinos gastronômicos premiados internacionalmente, atrações de aventura certificada e natureza exuberante. Nos primeiros nove meses do ano, segundo a Embratur, o Brasil recebeu mais de 4,5 milhões de turistas estrangeiros, a maioria deles, pelo aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A tendência é fechar o ano com mais de sete milhões de turistas, o dobro do ano passado.

“Temos um estado muito qualificado quando o assunto é lazer, com a melhor conectividade do país e uma diversidade de destinos e atrações que agradam todos os perfis de visitantes”, afirmou o secretário Roberto de Lucena, de Turismo e Viagens de SP. “Basta olhar para o nosso litoral e interior para se encantar pelos destinos rurais, pela culinária regional, pelas praias, serras e montanhas”, disse. A equipe da Secretaria também promoveu Ilhabela, destino do litoral paulista, com seus atrativos de natureza, culturais, de aventura nos dois roadshows internacionais. Aconteceram rodadas de negócios com empresários, agências e operadoras de turismo de Lisboa e Madrid.

Fonte: SETUR-SP

A série de roadshows é uma iniciativa pioneira da Setur-SP, em parceria com a Secretaria de Turismo do Município de São Paulo, o SP Convention & Visitors Bureau e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), com organização da B2LIVE!, empresa de live marketing e eventos do Grupo BBG Brasil.

A tradição portuguesa se faz presente em diversas dimensões e a realização das festas em que se perpetua a maneira de ser da comunidade é uma realidade. Nossas festas, nossos eventos aí estão para mostrar o que há de bom na música, na gastronomia, na história luso-brasileira. Acompanhe e participe dos próximos acontecimentos que, com certeza, unem cada vez mais as duas nações.
O Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo (CCLB) realizou reunião de Diretoria de 2024, em 29 de maio, às 18h30, na sala de reuniões da Casa de Portugal, bairro da Liberdade, Capital. Na oportunidade, Antero José Pereira, presidente do CCLB, mostrou seu empenho com foco do desenvolvimento da entidade, passando por um devido planejamento e sempre contando com a participação do trabalho dos diretores do Conselho.
Portugal e Brasil renovaram, por mais cinco anos, um memorando de entendimento de apoio às aulas de língua portuguesa na Escola Internacional das Nações Unidas (UNIS), segundo fontes oficiais da Lusa.
Patrocinadores
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo