“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

Sou natural do Conselho de Santa Cruz na Ilha da Madeira,Freguesia do Caniço, Distrito do Funchal. Cheguei ao Brasil, mais precisamente em São Paulo há 57 anos, com 16 anos, desembarcando no Porto de Santos no dia 03/12/55.

Iniciei minha carreira como radialista em 1964, na antiga rádio Difusora de Guarulhos, a seguir trabalhei nas rádios Apolo com o saudoso Fernando Costa, na rádio Nacional na equipe de Pedro Luiz e Mário Moraes, posteriormente com Raul Tabajara nas rádios Marcone, Cometa e Mulher, na rádio São Paulo trabalhei com Júlio Pereira e Wilson Brasil. Ficam aqui meus agradecimentos aos colegas que muito me ensinaram e confiaram no meu trabalho.

Nesta trajetória de aprendizado iniciei meus trabalhos pessoais, com programas nas rádios Tupi e Difusora Oeste. Atualmente falo em três rádios: Nove de Julho 12 anos, Trianon cinco anos, Jovem Pan no Mundo da Bola, comandado por Flávio Prado há 22 anos. Aqui a prova da persistência e o amor para falar da importância de Portugal. Tenho, com enorme prazer e satisfação, comentado na TV sobre o futebol Português a convite da Record , ESPN Brasil, Cultura e Rede TV. Colaboro também com colunas no Portugal em Foco e Revistas Naus, de caros amigos. São 48 anos de comunicação Luso – Brasileira em São Paulo.

Tenho a honra de ser cidadão Paulistano, título outorgado pelo vereador Wadi Mutran na Câmara Municipal de São Paulo, no dia 14/05/2007. Muita emoção nesta data.

Como grande adepto de futebol, tenho divulgado com ênfase o que se passa com as equipes Portuguesa, projetando sempre a nossa querida Associação Portuguesa de Desportos. Nesta trajetória de radialista , aprendi muito com saudosos colegas e amigos, recebi prêmios e homenagens, e sinto que a cada ano meu amor por São Paulo se potencializa. Agradeço o carinho que recebo, e audiência.

Aqui, com filho, neto, bisneta e esposa, irmãos e sobrinhos realizei meus sonhos. Minha família.

Com o objetivo principal de divulgar nossa cultura, nossos costumes e tradições, enalteço sempre a nossa gente.
Caros amigos, leitores, ouvintes, colegas de imprensa, parceiros, muitíssimo obrigada por tantas manifestações de carinho . Aproveito a oportunidade para desejar a todos, Boas Festas, saúde e um 2013 repleto de felizes realizações.

Parabéns a todos da Comunidade Luso – Brasileira.

Até sempre.

Antônio Martins Araújo
Jornalista

“Mais de quatro séculos se vão. Nos últimos cinquenta anos, nossas relações são coordenadas através da movimentação da sociedade, com respaldo político-diplomático em todos os seguimentos.

Considerando o compartilhamento da língua, religião e principalmente nossa história, através da Cultura que mantemos nossos laços, entrelaçados com os povos nativos e africanos por todo Brasil .

Vivemos um momento especial, vemos um interesse concreto entre Brasil e Portugal, a crise nós aproximou. E mais uma vez a Comunidade Portuguesa mostra sua reconhecida força.

Com orgulho participo do Conselho da Comunidade Luso Brasileira como Diretor , presidido por nosso querido amigo, Drº Antonio de Almeida e Silva, com sua diretoria mantém firme o propósito de engrandecer e projetar as ações da Comunidade ao longo da história dos laços eternos que nos unem, em especial nas comemorações do Ano de Portugal no Brasil , passando a limpo nossas agendas, mostrando a força da nossa Comunidade e Associações, assim como a oportunidade de conhecermos o Portugal Moderno.”

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo