“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

ÁREAS DE ATUAÇÃO: Relações internacionais, Gestão e Administração, Marketing/Vendas, Logística, Recursos Humanos

SÍNTESE: QUALIFICAÇÕES / ATRIBUIÇÕES:
Carreira de mais 20 anos desenvolvida na área de A&B – importação, logística, distribuição e vendas.
Gestão de Pessoas
Gestão de Clientes
Gestão de Portifólio de Produtos
Planejamento Estratégico e Comercial
Novos Negócios
Gestão de Logística e Pós-vendas
Gestão de Comunicação & Branding / RP- porta voz de imprensa

EDUCAÇÃO
Grupo Marista – Colégio Arquidiocesano de SP
Graduação em Administração de empresas – UNIP – 1994
Síntese: EVENTOS E VIAGENS INTERNACIONAIS &MARCAS
Chile 2003 – Vinícola Santa Carolina
Argentina 2003- Vinícola Nieto Senetiner
Espanha 2004- Grupo Pons
Argentina 2007 – Grupo Molinos
Espanha Portugal 2008 – Bacalhau Dias, Marques de Tomares, Carmim
Argentina 2010 – Vindimia Mendoza – Centenário
Seminário Mundo dos Vinhos do velho e novo mundo Bodega Nieto Senetiner 2010
Portugal 2009 – Caves Aliança, Vinícolas Felipa e Luis Pato
Confraria da Bairrada
Portugal 2009 Ilha da Madeira – Justinos
Portugal 2010 – Caves Messias
Confraria do Porto
França 2009 – Grupo Patriarche, Marie Brizard
Forum Internacional de comunicação na Enogastronomia – Bourdeaux 2009
Espanha 2010 – Vinícola Marques de Tomares
Alemanha Oktoberfest Munique – Paulaner – 2011
Escócia – Inglaterra 2012 (Grupo White Mackay)
EUA 2012 – Tour enogastronomico LA, LV
EUA 2013 – Tour enogastronomico NY
HISTÓRICO PROFISSIONAL
Casa Flora Ltda. Diretor (desde 1994)
Banco Bandeirantes – São Paulo, SP (1993/1994)

OUTROS
Idomas: inglês e espanhol
Informática: pacote office
Esportes: futebol, tênis
Religião: católico e palmeirense

Antonio Pereira Carvalhal Neto
Empresário e proprietário da Casaflora

Ascendo de imigrantes portugueses. Meu avô nasceu no Brasil, mas foi criado em um lar que perseverava as raízes portuguesas, principalmente nos hábitos do labor. Ele era um homem destemido, um artesão da Terra. Em meados dos anos 60 estabeleceu-se em Três Corações, interior de Minas Gerais, e se tornou um especialista na fabricação de queijos. Não obstante, seus esforços não se limitaram na produção, ele precisou se aventurar inúmeras vezes até São Paulo, com a mercadoria no lombo do cavalo e assim foi conquistando clientes e recursos. O queijo Flora se tornava uma realidade e alguns anos depois, 1970, nascia a Casa Flora. Empresa familiar, que atua na importação e distribuição de produtos de excelência, com sucesso alicerçado nas raízes dos costumes e envergadura comercial de descendentes português. Considero que meu avô tinha um dom nato pelo comercio e observo esta veia em outros imigrantes e seus sucessores.

Percebo que o Brasil foi uma pátria ‘boa madrasta’, mas também noto que os imigrantes foram seus ‘adotivos filhos amáveis’, que contribuíram com trabalho e perseverança para a expansão de bons resultados no país. Tenho este exemplo de Antônio Pereira Carvalhal, meu querido avô.

Recordo meu avô expressar com orgulho as palavras de sabedoria de seus pais e avós. Tinha sempre orgulho dos saudosos ancestrais da Terrinha, mas sempre amante e defensor das dádivas do Brasil. De maneira sábia, ele fez vivente o que melhor aprendeu em família: o respeito a Terra e ao trabalho.

Compreendo a importância da atuação do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo como um órgão que mantêm, além das relações entre Brasil e Portugal, viva as raízes e o conviver de um povo que se arriscou para um novo mundo, foi acolhido e perseverou na estada com uma grande virtude do homem: a amizade.

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo