“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

Paulistano, nascido em 9 de setembro de 1950. Filho de Armando Maria (português) e Carmen Perez Maria (brasileira), casado com Regina Clélia Cinini Maria e pai de Márcio Cinini Maria e Simone Cinini Maria.

Formado em Economia e Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie.

CLUBE ESPERIA:

Conselheiro Efetivo: de 1976 a 1994;
Conselheiro Vitalício: desde 1994;
Auxiliar do Financeiro: de 1986 a 1987;
Diretor de Patrimônio: de 1987 a 1990;
Diretor Social: de 1990 a 1992;
Vice-Presidente Social: de 1992 a 1996 e 2004 a 2006;
Vice-Presidente de Patrimônio: de 1996 a 1998
Presidente da Diretoria: a partir de janeiro de 2010.
Membro Conselho Fiscal da Federação Aquática Paulista, desde 2000.
Conselheiro da Confederação Brasileira de Clubes.
Delegado da Federação Nacional de Clubes – FENACLUBES
Membro da Comissão de Aprendizagem do Ministério do Trabalho e Emprego.
Diretor Executivo do Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo, de 1998 a 2010.
Diretor da RMS Consultoria Empresarial

Armando Perez Maria
Presidente do Clube Esperia

É sabido que a cultura brasileira é um grande conjunto de culturas, que sintetizam as diversas etnias e assim, formam o povo brasileiro. Por essa razão, não existe uma cultura brasileira homogênea, e sim um mosaico de diferentes vertentes culturais que formam juntas, a cultura do Brasil. Porém, podemos afirmar que, após mais de três séculos de colonização portuguesa, a cultura do Brasil é, majoritariamente, de raiz lusitana. E é justamente a maior herança deixada pelos portugueses, a ferramenta principal para a consolidação cultural entre os dois povos, a língua portuguesa.

Já dizia a escritora Clarice Lispector em sua confissão de amor à língua portuguesa: “eu até queria não ter aprendido outras línguas: só para que a minha abordagem do português fosse virgem e límpida”.

Como brasileiro filho de português de Lagarteira, encontrei no Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo um trabalho que consolida a união de dois povos, para nós descendentes com fortes raízes em Portugal, e que nos oferece a constante oportunidade de relembrar as tradições, a cultura, a história de duas nações. O Conselho tem uma fundamental importância na preservação dos valores, na união das associações culturais e por estar sempre à frente na defesa dos interesses de toda a Comunidade. Parabéns!

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo