“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

Christiano Fontes Blota, paulistano, de 13 de outubro de 1972, é um jornalista, empresário e apresentador brasileiro. Neto do comunicador Blota Júnior e irmão da repórter Sonia Blota, é mestre em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero.

Iniciou sua carreira na Rádio Bandeirantes em 1996 na editoria de Esportes. No ano seguinte, ganhou o Troféu Ford ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) como Revelação de Rádio. O reconhecimento abriu outras portas, tornando-o repórter do Canal 21 e apresentador substituto do programa Bandeirantes a Caminho do Sol, ancorado por Claudio Zaidan. Também foi repórter do programa Manhã Bandeirantes, com José Nello Marques.

Após cinco anos na Rede Bandeirantes, foi convidado a trabalhar no SporTV, onde ficou por mais meia década participando do SporTV News, além das transmissões esportivas do canal. Em 2002, após a Copa do Mundo, foi morar em Miami e se aperfeiçoar como empresário. De volta ao Brasil em 2003, além do trabalho como empresário, tornou-se repórter do Campeonato Brasileiro e de futebol internacional da Sport Promotion. Ao mesmo tempo, apresentou o Notícias On-Line da AllTV.

Em 2006, passou a integrar a equipe de âncoras da BandNews TV, onde permaneceu por seis anos, participando também do Jornal do Canal Terra Viva e do BandSports, com boletins diários no programa Primeiro Tempo, apresentado por Elia Júnior.

Em 2012, atuou como produtor no desenvolvimento da biografia de seu avô Blota Jr. Lançado em 2015, o livro Blota Jr. – A Elegância no Ar (Matrix), assinado pelo jornalista Fernando Morgado, apresenta a trajetória de um dos maiores comunicadores do país. “A colaboração de Christiano Blota foi fundamental para que a obra se tornasse realidade”, disse Morgado em entrevista ao Observatório da TV.

Atualmente, além da carreira como empresário, Christiano Blota escreve para o Observatório da TV e atua na Rádio Capital com a sua Coluna denominada “Gente que inspira a gente”, em Notícias da Capital.

Christiano Fontes Blota
Jornalista e empresário

Olá. Eu sou Christiano Blota, nascido na cidade de São Paulo em 13/10/1972. Eu pertenço a uma família de Ribeirão Bonito, interior de São Paulo. Quando as pessoas ouvem o sobrenome Blota, elas se reportam imediatamente a uma ascendência italiana.

Mas, o que muitos não imaginam é que eu tenho uma forte ligação com Portugal. Na imigração do fim do século XIX, onde o Brasil precisava de mão de obra estrangeira, principalmente para a lavoura, a família italiana Blota emigrou para o Brasil – parte dela acabou indo para Ribeirão Bonito, interior de São Paulo.

Por coincidência, um grupo de famílias transmontanas (de trás os Montes Portugal), chegou ao Brasil e foi encaminhado também para Ribeirão Bonito – a família Queiroz. Por lá calabreses e transmontanos se estabeleceram.

O meu trisavô, Luigi Blota, teve seis filhos com Rosa Helena Blota. Um deles, José Blota, se apaixonou por Amelia de Queiroz. Com o tempo, Blota e Queiroz passaram a ser uma só família e estava consolidada a união entre portugueses e italianos. Principalmente com o nascimento de José Blota Júnior, meu avô, e mais cinco irmãos.

Blota Júnior se tornaria um dos maiores comunicadores de todos os tempos, participando de momentos históricos da televisão brasileira – Show do dia 7; Essa Noite se Improvisa, entre outros. Ao lado de Sônia Ribeiro formou um dos mais talentosos casais da TV, apresentou o Prêmio Roquette-Pinto e os famosos Festivais de música, que revelaram talentos como Caetano Veloso, Chico Buarque, Elis Regina, Rita Lee, Jair Rodrigues.

O primogênito de Blota Júnior e Sônia Ribeiro é José Blota Neto de quem sou filho. Blota Neto é um exemplo para mim como pai e administrador em empresas públicas e privadas. Por isso, tenho profundo orgulho de ser um ítalo-lusitano, uma mescla de imigrantes que construíram este País, juntamente com outras etnias que fizeram parte do nosso Brasil.

Com certeza a cultura portuguesa teve muito a ver com a minha formação. Hoje, eu claramente percebo que a determinação, ousadia, bravura, capacidade de trabalho e longevidade do povo lusitano contribuíram muito para as virtudes da família.

Para completar minha redação, eu estive em Portugal várias vezes e a primeira vez foi algo inexplicável. Algo lindo, emocionante e difícil de me expressar. Se fosse resumir algo seria: “estou em casa”.

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo