“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

Grupo Sigla
Cargo: Presidente.
O Grupo Sigla é uma holding de participações em empresas atuantes em diversos setores, tais como transporte, logística, editoração e importação. Possui (ou possuiu em dado momento) a participação majoritária nas seguintes Companhias:

Empresa: RV Consult Transportes e Logística Ltda.
Desenvolve atividade de armazenagem e transporte especializado, principalmente, em produtos farmacêuticos. É uma sólida referência de credibilidade para o mercado público brasileiro, já que desenvolve uma solução logística completa para saúde pública auxiliando o Estado desde a compra dos medicamentos até a dispensação final dos mesmos aos cidadãos.

Empresa: Imola Transportes Ltda.
Empresa de transportes também especializada na distribuição de produtos farmacêuticos. Atua na iniciativa privada de saúde, sendo escolhida pela indústria farmacêutica por 10 vezes nos últimos 11 anos o melhor fornecedor de transportes do Brasil de medicamentos – Prêmio Qualidade Sindusfarma. Presença diária nos grandes hospitais, principais redes farmacêuticas e distribuidores.

Empresa: Portus Cale Exportadora e Importadora Ltda.
Importadora e distribuidora de vinhos europeus, em especial, vinhos Portugueses como os rótulos da Bacalhôa, Quinta da Romaneira, Quinta da Herdade entre outros.

Empresa: Cellbras Serviços de Logística e Pós Venda Ltda.
Empresa especializada em gestão de força de vendas.

Empresa: Isabella Editora Design e Publicações Ltda.
Editora responsável por lançar a Revista “Gosto” no mercado, considerada uma das melhores revistas de enogastronomia do Brasil.

Empresa: Transportadora Bezerra Ltda.
Período: 1980 a 2002
Cargo: Diretor.

Empresa: Quimialfa Comercial Importação e Exportação Limitada.
Período: 1976 a 1980
Cargo: Sócio Diretor.

ATIVIDADES EXTRACURRICULARES
– Presidente do Grêmio Luso Brasileiro de São Paulo.
– Membro Benemérito da Beneficência Portuguesa.
– Membro do Conselho de Administração e Confrade da Bacalhôa Wine de Portugal.
– Membro da Confraria da Bairrada por mérito.
– Membro do Conselho do Solar do Vinho do Porto.
– Membro da Confraria G5 de Guarulhos-SP, existente há mais de 25 anos reunindo a colônia portuguesa da cidade.
– Membro do Ellos Clube São Paulo Norte, sendo que referido grupo visa fomentar o “elo” entre a língua portuguesa falada em Portugal e falada no Brasil.

Roberto Vilela
Empresário com atuação majoritária no segmento logístico, brasileiro e amante de Portugal, enófilo, colecionador de artes e divulgador do mantra “Só Alegria”. É presidente do Grupo Sigla e do Grêmio Luso-Brasileiro de São Paulo.

Um Brasileiro, bem Português, sim senhor!

Dizem meus amigos que eu sou o brasileiro mais português que eles conhecem.

De fato, não sou de lá, nem meus pais são e tão pouco meus avós. É claro que alguém de minha árvore genealógica em dado momento veio de Portugal, assim como a maioria dos brasileiros que aqui reside, mas o curioso é que conheço muito bem Portugal, adoro visitar o país e vou muitas vezes durante o ano. Deleito-me com seus pratos típicos, inclusive, tenho restaurantes portugueses aqui no Brasil, assim como sou importador dos vinhos de lá e, ainda, faço parte de alguns grupos e associações da Comunidade Portuguesa, sendo inclusive presidente do Grêmio Luso Brasileiro de São Paulo, mas o fato é: nasci em Jacareí, São Paulo, BRASIL.

E a pergunta que às vezes me fazem é: por que? Por que você escolheu ser um português e não ser brasileiro?

E eu costumo responder é que eu sou sim um brasileiro com muito orgulho, que como todo brasileiro, sou fruto exatamente desse povo que criou este país.

Nós somos filhos do suor desses portugueses, italianos, espanhóis, escravos, holandeses, japoneses, índios, enfim, todos, que aqui conviveram entre guerras por esta terra e fugidos de outras guerras longínquas.

Sou um brasileiro tendenciosamente aportuguesado, porque a “colônia” portuguesa paulista carinhosamente me adotou como um amigo, assim como os italianos poderiam ter me adotado ou os japoneses, enfim, quaisquer um deles independentemente das características físicas já que nem estereótipo português eu pareço ter.

O fato é que somos todos brasileiros unidos por essa terra maravilhosa e conectados intimamente por nossas origens, sejam elas orientais, européias, africanas, enfim, somos filhos do mundo e é daí a importância de nos mantermos conectados e constantes nas nossas relações diplomáticas com os países que criaram e deram origem ao que chamamos hoje de Brasil.

Portugal, nossos colonizadores, possuíram um papel fundamental na nossa história e é evidente que a importância do diálogo entre as duas nações é brutal! Costumo dizer que o receio de Dom João em enfrentar o Bloqueio Continental de Napoleão foi a glória do Brasil. A família real portuguesa, fugida e amedrontada, ao transferir sua corte ao Brasil estabeleceu uma verdadeira revolução em nosso país.

Isso porque, ao transferir milhares de pessoas da nobreza ao Brasil, houve um marco definitivo na cultura, na política, na economia, enfim, foi um divisor de águas no nosso país que até hoje é refletido em seus prédios, nas suas leis, nos seus costumes. A questão é que nós brasileiros estamos mais do que apenas geneticamente ligados aos portugueses porque um parente ainda que distante foi de Portugal, mas sim estamos com os nossos costumes ligados aos deles, nosso atual Estado democrático de direito é de algum modo fruto de uma história política iniciada pela uma nobreza portuguesa que aqui residiu e nos marcou por um todo sempre.

E quando se conectam esses costumes e as origens se revela uma nova sociedade que não pode de nenhuma maneira virar as costas e esquecer do seu passado.

É como se fosse um filho que saiu de casa e jamais voltou para conversar com seu pai. Brasil e Portugal são filho e pai, respectivamente, que precisam conversar sempre e o trabalho que o Conselho da Comunidade faz, assim como outras associações a qual me dedico, é exatamente este: jamais perder este elo que é essencial entre as nossas nações!

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo