“Todo homem tem deveres com a comunidade”

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Opinião
Opinião

OPINIÃO

Opinião

Thais Matarazzo – jornalista, escritora, palestrante e pesquisadora cultural / musical.
Aurora dos Livros “Irene Coelho, uma brasileira de coração português” (2011), “A Música Popular no Rádio Paulista, 1928 – 1960” (2013) e “Fado no Brasil: Artistas & Memórias” (2013), publicou em parceria as obras “Salomé Parísio, o Rouxinol do Norte” (2012) e “A Dinastia do Rádio Paulista” (2013).O livro “Fado no Brasil: Artistas & Memórias” foi lançado recentemente em Portugal, a convite do Governo Português, dentro do Congresso Mulher Migrante, ocorrido em Lisboa, em outubro/2013.

Tem as seguintes monografias (não publicadas): “Aurora Miranda, a outra pequena notável” – 2002, “Sylvinha Melo, a bonequinha do rádio carioca” – 2003, “Elisa Coelho, o pássaro cantador” – 2003, “Nossas cantoras de rádio” – 2004, “Estrelas do rádio carioca” – 2004, “Dois sambistas do barulho” – 2005, “Cantoras do rádio carioca” – 2005, “Simplesmente Maysa” – 2005, “Elsa Laranjeira, a voz doçura” – 2005, “Odette Amaral, a voz tropical” – 2005, “Neyde Fraga, a voz veludo” – 2006, “Cidália Meireles, a voz de Portugal” – 2006 e “Cinderela, a ‘bonequinha’ do rádio paulistano” – 2006. Entre 2011 e 2012, trabalhou no projecto “Memória Viva” de Rio Claro –SP e no projeto “Memórias da Música Portuguesa no Rádio brasileiro, 1930 – 1960”, com a qual se apresentou em diversas cidades do interior de São Paulo e Rio de Janeiro.

Autora dos blogs thmatarazzo.bloguepessoal.com e www.radiomemoria.blogspot.com, e do podcast “Cardápio Cultural”, no qual publicou mais de 60 programas sobre personalidades da música popular brasileira. Tem artigos publicados em diversas revistas especializadas como “Revista de Cultura Artística de Piracicaba” e “Revista do Arquivo Histórico de Rio Claro”.

Apresenta semanalmente a “agenda cultural” no programa “Solo Tango”, Rádio Trianon AM de São Paulo.

Thais Matarazzo
Jornalista e escritora

As relações Brasil/Portugal são de extrema importância em vários sentidos, uma das raízes da origem da sociedade brasileira é portuguesa. O Conselho da Comunidade deve atuar como ferramenta de difusão e multiplicação dos valores históricos e culturais que unem as duas pátrias irmãs, juntamente com todas as associações luso-paulistas, sem distinção. Apoiando pequenos e grandes projetos, sempre visando a união das duas culturas.

Recentemente, estive em Portugal onde lancei meu livro “Fado no Brasil: Artistas & Memórias”, dentro do Encontro Mulher Migrante 2013, liderado pela Dra. Maria Manuela Aguiar e Dra. Rita Gomes. A indicação do meu nome foi feita pela jornalista Eulália Moreno.
Fiquei bastante emocionada pelo interesse das pessoas em relação ao tema do livro. Poderia não ter chamado nenhuma atenção, pois o Fado é mais conhecido e difundido em Portugal.

Mas pude mostrar, neste trabalho documental e de resgate histórico, um pouco da relação musical dos dois países. Apresentar as personalidades do Fado no Brasil para os portugueses d’Além Mar.

E assim deve ser a atuação do Conselho da Comunidade: dar oportunidade de visualização das atividades em todos os setores dos dois países.

Patrocinadores:
Premium
São Critóvão
Silver
BBR
Apoio:
Apoio
Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo
Edifício "Casa de Portugal" Av. Liberdade, 602 - São Paulo/SP - Cep 01502-001 - Celular/WhatsApp +55 (11) 94513-0350 - Telefones +55 (11) 3342-2241 e (11) 3209-5270
www.cclb.org.br - cclb@cclb.org.br - Entidade de Utilidade Pública - Lei Estadual 6.624 de 20/12/1989 - Jornalista responsável: Maristela Bignardi - MTb. 10.204

Somos privilegiados pela herança lusitana e também por podermos contar com o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo que é o órgão que congrega nossa cultura viva em solo paulista. Pelo Conselho a história não se perde, porque uma das diretrizes da entidade é preservar e valorizar nossos usos e costumes que mantêm a tradição de nossa gente sempre presente nos festivais, no folclore, na música e na gastronomia. A ação do Conselho é defender um legado histórico e cultural inestimável.

Este site usa cookies. Os cookies neste site são usados ​​para personalizar o conteúdo, fornecer recursos de mídia social e analisar o tráfego. Além disso, compartilhamos informações sobre o uso do site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise da web, que podem combiná-las com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram do uso de seus serviços.
Concordo